Outro

Métodos anestésicos obsoletos

Métodos anestésicos obsoletos



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O que estou fazendo de errado por você não querer adormecer? Eu poderia estar fazendo algo errado? Aqui está um breve resumo dos métodos anestésicos obsoletos.

Encontrando o método anestésico correto Existem inúmeras opções para os pais escolherem hábitos anestésicos para suas próprias necessidades e para os filhos, seja dormindo em ambientes fechados ou fechados; uma variedade de práticas para ressuscitar uma criança acordada. Para todos os pais, o objetivo é encontrar o melhor método de privação de sono para toda a família, para que as dormidas diurnas e noturnas se ajustem naturalmente ao seu estilo de vida. É importante que o sono seja repousado sobre todos os membros da família, no entanto, existem métodos anestésicos que podem ser prejudiciais à criança. Agora, vamos ver quais métodos anestésicos já são considerados obsoletos.

Método de soneca

Esse método anestésico não ajuda o bebê e não ignora o fato de que um recém-nascido tem várias causas para o ataque. Ao deixar ir, os pais lhes dizem que não podem contar com ele e que isso prejudica a base de todo relacionamento, a confiança.É sempre prejudicial à saúde física e mental de uma criança. Acreditando em qualquer método parental, não devemos perder de vista o fato de que sempre há estágios críticos no desenvolvimento pessoal de uma criança quando o sono pode ser perturbado. Um período tão distinto é o período de ansiedade de separação, quando as crianças têm maior probabilidade de acordar, necessitando do conforto da mãe e uma indicação de que ela está lá sempre que está. É claro que é nossa própria decisão fazer isso co-dormindo, o método de retirada de depósito. Sair sozinho, no entanto, não é uma boa solução.

Método de Ferber (resposta comprovada)

Era um método muito popular, e há pais que estão convencidos de que é o único método que parece ser drástico que pode resolver os problemas de sono de crianças com mais de três meses.Richard Ferber, diretor do Centro de Sono do Hospital Infantil de Boston, acredita que o sono ruim é algo aprendido que pode ser usado para matar o seu filho. No entanto, quando você chora por um longo período de tempo, deixe-se chorar. Você deve inseri-lo primeiro 5 minutos, depois 10 minutos e depois apenas 15 minutos depois. Nesses casos, você deve ser acariciado e sinalizado de que estamos lá, mas não deve levar a bala para fora. O método não nos permite deixar a criança completamente sozinha, mas limita a quantidade de tempo que podemos nos acalmar. Ferber até a criança mais persistente, que começa a ficar acordada a noite toda, deixa de dormir e aprende a adormecer sozinha. Como o método da licença lunática, esse método anestésico é incerto e frustrante para a criança.

Não há asas

Its Frostespecialista em educação infantil Grandes pedidos desde a infância pequena Em seu livro, ele chama a atenção para o fato de que, de três a um anos de idade, as fantasias das crianças não são apenas muito ensolaradas, mas também muito ativas à noite. Nesse caso, diferentes asas e fantasmas aparecem embaixo da cama ou no armário. Você pode ter recebido a explicação lógica de que não há asas, mas sua mentalidade de infância funcionará porque o pensamento racional só se desenvolverá na escola. O importante é não rir, ensacá-lo ou fazer com que seja apenas a sua fantasia.Vamos lembrar! Talvez até em nossa infância, a pergunta tenha sido feita por nossos pais: "Mas não há fantasmas!", Mas é obsoleta hoje em dia. vamos entrar um pouco na história, e podemos usar com segurança alguns adereços mágicos, como pernaltas e glitter, para tirar as asas.

O que há de errado com a anestesia?

Com métodos de anestesia desatualizados, vale a pena examinar o que podemos fazer para anestesiar; quais são as crenças e crenças antiquadas que valem a pena pensar quando você tem problemas de sono.
  • o ritual do sono não é bom ou não há ritual do sono
  • deixar de reconhecer os sinais de fadiga e sonolência a tempo, ou iniciar a anestesia a tempo
  • a criança é muito grande (por exemplo, um grande beija-flor torna o bebê tão difícil que é mais difícil adormecer antes de dormir)
  • muitos estímulos estão no quarto, ao redor da cama
  • anestesia está em andamento, sem agenda, sem grande momento para anestesia
Qualquer que seja o método de anestesia, que escolhemos dormir, é importante que essa criança e as necessidades dos pais sejam atendidas. Sempre existem situações inesperadas, períodos difíceis, mas é importante ser consistente para que possamos sempre voltar à velha rotina anestésica usual no futuro.